quarta-feira, 2 de março de 2011

Novidades

Ainda não fiz a eco. De manhã veio cá um médico que me disse que há pediatras que defendem que a viabilidade é possível a partir das 24 semanas. Disse ainda que se o bebé aguentar uma semana (fazemos hoje 23), serei transferida para a Maternidade Alfredo da Costa, para que quando o bebé nascer, ter todo o acompanhamento necessário.

Mas, como tenho vindo a aprender, não vale a pena fazer planos....o meu lema agora é só um: viver minuto a minuto!

1 comentário:

Pat disse...

Isso! Minuto a minuto! Tu e o teu menino! Força. dá miminhos na barriguita por mim e diz baixinho ao Zé Pedro que não há pressa. O mundo estará igual daqui a 7, 10 ou 15 semanas! Bjinhos