terça-feira, 1 de março de 2011

cá estamos

Cá continuamos, um dia atrás do outro. Tudo aparentemente calmo, à espera que algo aconteça...ou não!

Os prognósticos são reservados: a situação é frágil e há risco do parto se dar a qualquer momento. Não dando, ficaremos até isso acontecer. Se for lá para Junho, aqui estarei até então. Pelo caminho fica tirar a fralda da AJ, o seu segundo aniversário, o desenvolver diário e imensas saudades dela...

Quando estou por cima, sinto-me com coragem para aguentar aqui uns meses até levar o Zé Pedro para casa. Quando as forças se esgotam penso: se tiver que ser que seja rápido, para eu poder sair desta cama! Acho que ninguém me pode censurar por pensar assim!

Nunca pensei que o raio caisse duas vezes no mesmo telhado... só é pena que não tenha sido só lá para as 33 semanas também!

2 comentários:

Pat disse...

Querida, gostava de saber alguma maneira de te animar e encher de força, mas entendo que deva ser dificil...muito dificil...principalmente o estares longe da tua menina...
Apenas te posso dizer que estamos a torcer por vocês. Vai tudo valer a pena.
Bjnhos

Phipas disse...

é verdade pat...tb entendo ..n deve ser nada facil estar longe da AJ....e a passar por tudo isto...FORÇA