sábado, 18 de abril de 2009

Amigos sem filhos

Um destes dias, na esplanada do Razões, na Avenida (onde há os melhores caracóis e a melhor imperial da região) uma amiga, enquanto olhava para duas recém mamãs com os seus rebentos, brincava dizendo: "Daqui a uns dias és tu, arranjas amigas também com filhos e depois não nos ligas!!!".
Entenda-se que eu sou a primeira, do meu grupo mais chegado de amigos, a ser mãe.
É uma brincadeira, é certo, mas isto no fundo dá que pensar. Como vai ser depois da AJ nascer? Os amigos fazem planos e deixam-nos de fora porque temos uma criança? Ou somos nós, recém e inseguras mamãs, que sentimos necessidade de procurar pessoas que tenham as mesmas preocupações que nós? Ou somos novamente nós que nos tornamos umas melgas que só sabem falar de crianças e os amigos, que ainda têm outros assuntos de interesse, saltam fora?
Ou isto é um mito e depois vou perceber que é possível manter os mesmos amigos, mesmo que estes não tenham como principais preocupações a muda de fraldas, as dificuldades de amamentação ou a queda do cordão umbilical?

Contem como é?

5 comentários:

aNa disse...

:)*
É possível manter os mesmos amigos!!! :)*
Apesar que os nossos horários começam a ser outros e as preocupações também!
Sabe bem ter um casal amigo tb com filhos...pelo para de vez em quando fazer programas com mais crinaças principalmente quando elas começam a crescer e a interagir mais!!
Nós tb somos os 1 a ter bebe do nosso grupo mais chegado de inicio fazia-me mais confusão (mais por causa dos horários principalmente quando iamos de fim de semana)*...mas agora tudo é mais fácil!
Acho que a medida que nos vamos "habituando" aos horários e às novidades tudo fica mais fácil e tornamo-nos novamente 1 só!!! :)
BEIJINHO

marteodora disse...

Ao princípio é muito difícil isso de manter as amizades a um ritmo idêntico (até porque as hormonas, regra geral, dão cabo de nós). Também depende da criança, das noites, se é amamentada ou não...
Depois vai normalizando, mas só ao fim de alguns anos...;)Nunca mais será a mesma coisa (acho que tu já sabes isso), mas não te inquietes...as amigas não tardam a ser também mamãs e a entenderem tudo do outro lado do parapeito.
ps - por pouco a tua AJ não nasce no meu dia (16.o6). Vai ser uma miúda impecável: eh, eh, eh!
bjs.

eu disse...

Eu penso que é possivel manter os amigos. No meu grupo de amigos fui a terceira a casar, em outubro 2008, e a segunda a engravidar, se bem que a primeira que engravidou casou há 4anos, vai ter o seu Guilherme este ano, asim como eu. E tudo corre bem e espero que corra em termos de amizades. O único senão e que muitas amigas não entendem são as saídas à 6f e sábado à noite. Quando chegam as 21h já estou completamente morta de sono e já estou a vegetar no sofá. É dificil elas entenderem que me custa sair à noite. Dp do bebé nascer ele vai ter duasa avós bem jovens que não se importam de tomar conta ;)
Bjkas

marga disse...

olha!!
Eu quero continuar a ser tua amiga! quer dizer, depois de quase 20 anos de amizade ia acabar tudo assim?? snif snif snif
:(
agora ainda vais er mais giro. Tu vais aprender tudo da maternidade e qd for eu, la estarás ao meu lado para me ensinares tudinho.
bêjo!!
Ti amo!!
Ti amo tb a ti, AJ!

carmo pinto disse...

cuskei o teu blogg..e achei muito util tb para mim..dai vou acompanhar te lol
como ja vou na 3 viagem acho pela experiencia ke tenho os amigos sem filhos acabam por se afastar..nao porke keiram mas e sistematico!nao sei explicar mas axo ke ja nao se identificam conosco,mas tb porke deixamos de acompanha los com dantes muitos antes dos nossos filhotes nascerem(gravidez!)mas tudo e uma fase de conhecimentos,eles permanecem mas de longe,em comtrapartida ganhamos outros!
beijinho carmo