segunda-feira, 30 de março de 2009

Constipada

Hoje tenho estado em baixo de forma. Dormi mal, tenho dores no corpo todo e um cansanço enorme. A cabeça pesa e os olhos ardem. Não consegui estar o dia todo a trabalhar. Vim para casa mais cedo e dormi um bocadinho. Ainda não estou a cem por cento, mas vou descansar o resto da noite.
Devem ser consequências da festa de anos do meu pequenito, pois estava uma tarde muito ventosa e a festa foi na rua.

Nota de agenda

Quarta-feira temos a reunião com a enfermeira que dá o curso de preparação para o parto. Realiza-se na quarta às 16 horas, no Centro de Saúde local. Lá estaremos.

29 SEMANAS

Fazemos hoje 29 semanas.
Cá estamos, com a barriga cada vez maior, e com cada vez mais ansiedade de ver a carinha da AJ.
Temos continuado as caminhadas, para ver se não ficamos muito grandes com os quilos que ainda nos faltam. Eu tenho-me portado um pouco mal em relação aos doces. Não que esteja sempre a comer, mas já não estou uma semana sem o fazer, como há uns tempos atrás. As noites, que até agora têm sido magníficas, começam a ser irriquietas. Não tenho posição e passo a noite a rebolar, sempre tentando não deixar a barriga para trás.
Adoro sentir os pontapés, cada vez mais fortes, da minha menina. Ela continua sentada,por isso sinto os pontapés apenas no fundo da barriga. Do lado direito, mais para cima, sinto, muitas vezes, uma cabeça a espetar-se para fora. Dá para ver ao longe.
É indiscritível a sensação que se tem com um bebé na barriga. A natureza é grande...muito grande!

quarta-feira, 25 de março de 2009

PARABÉNS R.


(O nosso R é parecido com o Denis, o pimentinha. É muito reguila...)

Hoje é um dia muito especial na família. O nosso R. faz hoje 6 aninhos... está tão crescido ele. Para quem não sabe o R. é um dos primos da Ana João. O tal que, sempre que fala comigo ao telefone pergunta: a prima já saiu? Acha um pouco estranho que dentro da minha bariga possa estar um bebé.
Parabéns meu querido R. Sábado vamos dar-te muitos beijinhos nessas bochechas lindas.

Estou agora a começar a perceber o que é ser mãe. Calculo que seja uma coisa maravilhosa, mas ser tia também é muito bom. Muito bom mesmo!!! Ti amo R.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Raiva

Não deveria ser necessário dizer a quem nos rodeia, que não nos podemos enervar. Deveria partir das pessoas esse cuidado. Não sei, digo eu, mas se calhar estou errada.
Ontem alguém, que supostamente deveria ser muito próximo, resolveu, como é costume, "vir para cima de mim" com conversas da treta, que me irritam e me dão vontade de chorar. Normalmente nem consigo responder grande coisa, pois a minha voz nem sai com tanta lágrima à mistura....
Mas a maternidade muda uma pessoa: a nossa "cria" está em primeiro lugar e vamos buscar forças, sabe-se lá onde, para a defendermos. Contra tudo e contra todos. Com apenas três frases, muito mal-encaradas, admito, arrumei a conversa. O mau ambiente ficou, mas rapidamente arranjei maneira de virar costas e vir embora. A mensagem deveria ter passado, mas há pessoas com dificuldade de compreensão.

Hoje o telefone voltou a tocar. O tema, esse, era o mesmo de ontem. A força voltou cá do fundo e voltei a meter a pessoa em questão no seu lugar: "Estou grávida. Se eu própria não tenho nada a ver com essas guerras estúpidas, muito menos a minha filha que ainda não nasceu. Não me vou enervar mesmo e por isso não quero mais conversas dessas". Com a tal dificuldade de compreensão, a pessoa ainda insitia no tema, mas eu levantei a voz e disse "NÃO, COMIGO, NÃO!"
Assim foi e assim será. Senti-me uma espécie de leoa a colocar-se entre a cria e o predador. Mas aí falamos de animais irracionais. É pena que nesta outra realidade, seja preciso verbalizar o que as pessoas deveriam saber de senso comum.

Citando o meu querido amigo Gentil, a quem dou cada vez mais razão: "Odeio pessoas"

28 SEMANAS

Fazemos hoje 28 semanas e entramos, oficialmente, no terceiro trimestre de gravidez. Ao que parece, depois da serenidade do segundo, volta agora a ansiedade que sentimos durante o primeiro trimestre. Mas além da ansiedade e do medo, acontecem também outras coisas novas. Ora vejamos: estamos enormes, o que faz com que, para me virar à noite, tenha que agarrar na barriga, porque ela já não vai sozinha... Baixar começa a ser difícil, bem como levantar-me do sofá. Uma coisa impossível mesmo é atar sapatilhas. Essa tornou-se, oficialmente, tarefa do pai. O apetite, esse, continua imenso...

No sábado senti algo que se assemelha bastante a uma contração e já ontem, por uma vez ou outra, a minha barriga ficou muito dura...
Os pontapés e as mexidelas da pequena continuam, cada vez mais intensos e fortes. O pai já nem precisa de pôr a mão para acreditar que elas acontecem, basta olhar para a barriga para ver. Já eu não consigo ver a barriga aos saltos porque, como vos disse, os pontapés são todos no fundo da barriga, local que a minha visão já não alcança.
Ontem, estava eu em repouso (dediquei o domingo ao descanso) quando vi um alto na minha barriga. No local que era, fez-me pensar que seria a cabeça da Ana João. Seria? Não sei, mas se era, tem uma cabeça tão linda.... (mãe babada).

Podemos dizer que estamos muito bem e que estamos a ter uma gravidez santa, muito tranquila..

sexta-feira, 20 de março de 2009

Pai, não te esqueças

Pai, não te esqueças de levar para a maternidade:
* o maquinão fotográfico (com bateria claro)
* o telemóvel com dinheiro e bateria
* os números de telefone da nossa família e dos amigos mais chegados
* a lista do que tens que fazer para chamar a transportadora para a recolha das células estaminais.

Ah... e lenços de papel, porque tu vais chorar muito de felicidade!!!

P.S. e leva comida, sugere o já experiente Achega... Ah grande Achega

quinta-feira, 19 de março de 2009

Lista da maternidade de Abrantes

Descobri algures pela blogosfera, a lista sugerida pela Maternidade de Abrantes onde, em princípio, a AJ vai nascer. Aqui fica:

A Mala para levar para a Maternidade
Esta é a lista disponibilizada pelo Hospital de Abrantes.
 
A mala da mamã e do bebé deve estar preparada a partir do 7º mês de gestação.
 
Para a mamã:
     - Documentos pessoais
Documentos de identificação
Informação médica: Boletim da Grávida e todas as analises e ecografias.
     - Objectos de uso pessoal
4 camisas de noite (só tenho duas - talvez arranje outra)
2 ou 3 soutiens de amamentação (só vou comprar mais perto, pois não tenho noção de que número vou precisar)
Discos absorventes de amamentação *
8 Cuecas descartáveis *
1 Cinta (cinta ou faixa? Depois pergunto ao médico o que aconselha)
1 Robe/Roupão (um casaquinho)
1 Par de chinelos de quarto *
1 Par de chinelos de plástico para tomar banho *
Artigos de Higiene pessoal: champô, sabonete, escova e pasta de dentes, escova de cabelo, creme hidratante para a pele. *
sacos de plástico para a roupa suja (se possivel deverá envia-la diariamente para casa) *
O Hospital disponibiliza Pensos Higiénicos absorventes grandes e toalhas para a higiene. (antes de encontrar esta lista já tinha comprado pensos e posto uma toalha na mala. Não sei se confio nisto e a tiro, ou se é melhor levar. A lista já tem um ano, não sei se, por causa da crise, já não as emprestam).

 

Para o Bebé:

Separar as coisas para o dia do Parto.
     - Conjunto para o 1º dia
1 conjunto interior com calças (eu tenho um body sem calças e um babygrow.. acho que não vou mudar)
1 Fatinho de duas peças
1 Par de Botinhas/Meias *
1 Fralda descartável *
1 Fralda de pano *
1 Touca
1 Manta polar *
1 Pente/Escova *
     - Para os outros dias4 Fraldas de pano *
1 Pacote de fraldas descartáveis para Recém Nascidos *
4 Fatinhos *
4 Conjuntos interiores *
2 Botinhas/Meias *
1 Casaco de lã *
2 Toalhas de banho *
1 Chupeta *
Sacos de plástico para a roupa suja. *
Selecciona a roupa conforme a estação do ano.
Não leves roupas de vestir pela cabeça.
O Hospital disponibiliza artigos de higiene para o bebé. (tambem já os tenho na mala. Não sei se vale a pena estar a tirá-los)

* já temos
 
Isto é apenas uma lista simples que o Hospital disponibiliza com as coisas mais importantes, fica ao critério de cada mamã levar outras coisas.
 
Não convêm é levares objectos de valor para a maternidade.

Faltam 12 jornais minha filha

Há pessoas que vivem dia a dia. Há pessoas que vivem sempre no passado. Eu cá vivo mais semana a semana. Desde há seis anos, quando comecei a trabalhar num jornal semanário, que comecei a pensar à semana, ao jornal. Ou seja, vivo sempre na ânsia que chegue quinta-feira, para respirar de alivio por mais um jornal que foi para a gráfica, daí para as bancas e daí para as mãos dos leitores. Mas esta forma de vida entranhou-se também na minha vida pessoal, em tudo o que faço.

A maternidade não foi excepção: há quem conte os dias que faltam para o nascimento de um filho. Eu conto as edições. Ou seja, a fechar mais um jornal, posso dizer que me faltam fazer apenas 12 jornais para me tornar mãe... E garanto-vos: 12 jornais passam a correr...

Mala a rebentar

Comecei, como já disse, a fazer a mala para levar para a maternidade. Mas uma questão se coloca: onde vai caber tudo??? Se calhar terei que levar um saco à parte para a Ana João. Não é por levar muita roupa, ou algo que se pareça, mas o que é preciso leva ocupa muito volume: toalhas de banho (eu só pus uma, mas já li por aí que o melhor é levar muitas), os pensos, os discos, as fraldas para o bebé... são tudo coisas pouco práticas de arrumar. Eu não queria ir para lá com uma mala gigante, mas está visto que terá que ser...


Entretanto já me rendi às camisas de noite (apesar do meu médico, muito prático, me ter dito: dá mais jeito, mas se quiser ir de pijama vá...). Comprei duas assim mais engraçadinhas para não me sentir um monstro.

AJ, estamos quase a conhecer-nos...

Pai



Hoje é dia do Pai. O primeiro dia do nosso pai aqui de casa...

terça-feira, 17 de março de 2009

Que lindas...


Chegou a encomenda das fraldas... só dá vontade de a imaginar lá dentro...

Cansaço

Começo a andar cada vez mais cansada. Eu nunca me dei bem com o calor. Tenho a tensão muito baixa e com os 29 graus que se sentem por aqui, em pleno Inverno, tudo piora. Ainda mais com esta barriga e com mais 8 quilos em cima. Sinto-me cansada e com muito pouca energia... tenho que aguentar mais um tempo, pois não posso deixar de trabalhar tão cedo!

Roda viva

Este mês foi tempo de adiantar algumas coisas. Estamos em contagem decrescente para o nascimento da cria e, como tal, o tempo começa a ser pouco para tanta coisa qe é necessário fazer. Além de começar a lavar a roupa da criança, para aproveitar o bom solinho que se faz sentir, comecei também a orientar a mala da maternidade. Cedo? Talvez, mas uma vez feita, não penso mais no assunto. Outras coisas que estavam por tratar foram já feitas: encomendei fraldas reuntilizáveis (para já apenas um dúzia, depois logo se vê) e subscrevi já o serviço de criopreservação estaminal. As fraldas devem chegar hoje (nunca vi nada tão rápido) e o kit de recolha chega amanhã ou depois. São, com isto, menos duas coisas em que tenho que pensar.

Tudo em miniatura

Já alguma vez experimentaram a aventura que é passar roupa de recém nascido a ferro? Aconselho vivamente... é tudo tão pequenino. O pior de tudo é que para lavar uma máquina de roupa de bebé, metemos lá muita roupa mesmo e depois, quando queremos passar, parece que nunca mais acaba... Venham as camisas do pai...

domingo, 15 de março de 2009

27 SEMANAS

Amanhã, segunda-feira, dia 16 de Março, entramos na 27.ª semana. Não encontrei nenhum filme sobre esta semana. Acho mesmo que nem é preciso dizer mais nada...

Caminhadas

O médico mandou-me fazer caminhadas para não engordar muito. Quase a entrar no terceiro trimestre, ainda teremos uns cinco quilos para engordar... Onde é que eu os vou meter? Onde????
Já começámos as caminhadas. Com este tempo bom, não é nada difícil. Além disso, desde que a Eminha apareceu nas nossas vidas, que o pai integrou as caminhadas na sua rotina. Só faltava a mãe. Tem sido óptimo.

Lavar roupa suja



(foto retirada da net)

Ontem começámos a lavar a roupa da AJ. O estendal cá de casa ganhou um novo encanto!

Grande, mas grande

Ontem fui ao hospital ter com o meu médico. Ele queria ver-nos. Fez-nos nova eco (que bom). Confirma-se que a rapariga é enorme, com um femur equivalente a 28 semanas. O peso está também ligeiramente acima, mas o médico não se mostrou preocupado. Disse apenas que a moça é mesmo grande. E que bela perna ela tem... digna de um anúncio de lingerie.... É por isso que a minha barriga está gigantesca!
A Ana João continua sentada e, se dentro de duas semanas não virar, provavelmente já não vira mais, uma vez que deixará de ter espaço para o fazer. Seja... o que interessa é que estamos as duas óptimas. E entretanto faltam apenas 13 semanas para o seu nascimento.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Banho

O que me sabem dizer sobre a banheira Tummy Tub?

segunda-feira, 9 de março de 2009

Aulas de preparação para o parto

Começamos as aulas de preparação para o parto no dia 1 de Abril, às 16 horas, no Centro de Saúde. Não é necessária inscrição, basta aparecer na primeira segunda-feira, quarta ou sexta-feira do mês que sucede aquele em que fazemos 28 semanas. Como fazemos 28 semanas lá para final de Março, a nossa primeira aula calha a 1 de Abril. Nessa aula, dada por uma enfermeira, serão dadas todas as informações, o plano de aulas e definidos os horários para as restantes.
Lá estaremos, claro.

26 SEMANAS - 6 MESINHOS





Doces

No sábado portei-me um bocadinho mal com a comida. Ou melhor, com os doces. Resolvi fazer uma folga no meu bom comportamento e comi um gelado. Depois, não resisti à bola de berlim do pai e dei-lhe uma trinca (vá, cinco trincas).... Mas acabou. Agora, só para a semana peco. Até lá, muito iogurte e muita fruta!!!

Sonhos e pesadelos

Acho que, com a chegada aos seis meses, chegaram também os sonhos e pesadelos. Nas últimas três noites já não dormi tão descansada como de costume. Uma das noites acordei às quatro da manhã, sem sono, preocupada com algo que não percebi o que era. De sábado para domingo tive um pesadelo que não consigo descrever, mas que envolvia coisas de bebés. Esta noite, sonhei que me tinham rebentado as águas... Lindo, não? EU QUERO DORMIR... Já me bastam as noites mal passadas que vou ter quando a minha menina nascer!

Físico


Como vos disse deixei o ginásio, uma vez que o médico não me deixava fazer mais nada. Agora tenho apenas nadado. Pareço, mais coisa menos coisa, o rapazito da foto (que eu roubei da Internet).
A verdade é que, com mais cuidado com os doces, com o pão e tentando não repetir às refeições, bem como com algumas braçadas e caminhadas com o pai e a Emita (cadelita), ainda só engordei um quilo desde a última consulta... Isto é tudo uma técnica para que, na próxima consulta, o médico me diga que o melhor é eu comer mais, porque estou a ficar magrita... Hi, hi, hi!

sábado, 7 de março de 2009

Roupinhas da AJ

Estas são algumas das pecinhas de roupa da Ana João. Tirando o fato de banho, as alcofas e o cestinho, que são herança da prima, é tudo da Ana João. Resolvi não pôr aqui tudo o que vem da prima, se não não fazia mais nada.
O casaquinho e as botinhas vermelhas (que saíram uns números acima) foram feitos pela avó materna, que também deu a sainha ao xadrez. A roupa betinha foi o avô materno que deu. A toillete com os gatos, os dois bodys coloridos de perninha e os três babygrows (o das joaninhas, o laranja e o azul com uma menina) foram os pais que compraram.
(Desculpem mas não tenho tempo para endireitar as fotos todas).











quarta-feira, 4 de março de 2009

Doodoo



Já viram este boneco? Vejam o que ele faz:
"O boneco doodoo reproduz os mesmos sons que o bebé reconhece no ventre materno. Estes sons familiares produzem um efeito apaziguador no bebé, fazendo com que se acalme e adormeça em poucos instantes.
Equipado com um relógio, o aparelho no interior do boneco desliga-se automaticamente após cinco minutos e, graças ao micro que escuta o bebé, reacende-se logo que este comece a chorar, evitando que os pais tenham que se levantar. E, como a eficácia dos sons intra-uterinos diminui com a idade, o doodoo tem outra melodia para o bebé ouvir".

Será que vale a pena comprar ou é estar a enganar a pobre criança?

terça-feira, 3 de março de 2009

Mala maternidade


(legenda: eu numa Assembleia Municipal a altas horas da noite; altas horas pelo menos para uma mulhre grávida).
Cada dia que passa, gosto mais da minha barriga. Não querendo ser convencida, mas já sendo, admito: nós estamos mesmo bonitas! Gosto disto de andar grávida. Pai, prepara-te, pois para o ano há mais....

A minha cunhada (B.B.) esteve este fim-de-semana a ajudar-me a escolher o enxoval que tinha mandado. Coisinhas lindas que só fazem lembrar a minha princesa mais velha: a J. A B.B. é da opinião que eu devo fazer a mala para a maternidade quanto antes. Não custa nada e nunca se sabe quando pode ser precisa (espero que ainda faltem 15 semanas). Vocês já começaram a fazer a mala? E conseguem decidir o que meter lá dentro para os vossos meninos?

segunda-feira, 2 de março de 2009

Nausefe

Não sei se vos cheguei a contar que tive que voltar ao Nausefe... é, está visto que será assim até ao fim. Mas não faz mal, eu aguento. Afinal, essa tem sido a única maleita desta minha primeira gravidez!

Avó Belinha

A avó Belinha faz hoje anos. Uma rosa, para outra rosa...

25 SEMANAS

Hoje completamos 25 semanas... Estou feliz, que mais posso dizer!