sábado, 13 de setembro de 2008

Espera

Na quinta-feira fui passar a manhão no centro de saúde à espera de vez para a médica me trasncrever os exames que o ginecologista me mandou fazer. Na sexta-feira fui fazê-los na esperança de que mão demorassem muito e que já segunda pudesse ir mostrá-los ao médico. Enganei-me. Só estão prontos na quarta e por isso sá na sexta os posso ir mostrar.
Recordam-se de eu dizer que não quero que ninguém saiba, para já? Pois bem, eu vivo numa terra relativamente pequena e onde toda a gente conhece a minha mãe. A pessoa que me tirou sangue conhece bem a minha mãe e a mim. Eu não lhe disse o porquê das análises, mas uma mulher experiente na área, sabe qual a finalidade daqueles exames. Só espero que ela não encontra a minha mãe e lhe diga: "Então a sua filha anda a tentar engravidar?". Resta-me ter fé e acreditar que vou conseguir levar a surpresa até ao fim.
Entretanto, sem exames e sem médico, continuo a ter que utilizar precauções. Que desperdício. Pensar que podia estar já a "trabalhar" no meu menino.

Sem comentários: